Testemunho – Ângela

Tive contacto com os ensinamentos do Chan há cerca de 2 anos.

Ficar na posição de lótus, durante longos períodos de tempo não foi difícil para mim. O difícil, o verdadeiro desafio, foi acalmar a minha impaciência. Ao início, os pensamentos assaltavam-me a mente a cada instante. Era difícil relaxar e desligar. Mas continuei a tentar e à medida que ia conseguindo acalmar a mente durante a meditação, ia também notando que o meu dia a dia se tornava mais simples, calmo e claro.

É muito difícil explicar por palavras, o bem que a meditação Chan fez a todas as dimensões da minha vida. Por isso, recomendo e aconselho a que experimentem e persistam!

Angela a meditar na Gulbenkian
Angela a meditar na Gulbenkian